Menu Blog

A dieta vegana traz diversos benefícios ao organismo humano e muitas pessoas aderiram a esse modelo alimentar. Mas, depois de mudar o estilo de vida alimentar, extinguindo o consumo dos derivados animais, é normal que surjam algumas dúvidas, especialmente quem prática exercícios físicos e busca resultados com eles. Uma dúvida comum que eles se fazem é: será que é possível ganhar massa muscular sendo vegano?

 

A resposta é sim! A dieta vegana não impede as pessoas de ganhar músculos. Na verdade, existem diversas fontes de proteína vegana para ajudá-lo nesse processo. O consumo adequado de proteínas ajuda na recuperação do músculo após a atividade física, por exemplo, e é assim que o praticante consegue ganhar massa magra e atingir com mais facilidade os resultados físicos e estéticos que deseja.

 

Mas é claro que, para conseguir isso, é necessário ingerir uma quantidade mínima diária de proteínas. O recomendado é 1,5g de proteína por quilo.

 

E você, já começou a se perguntar de onde tirar esse nutriente fundamental na dieta vegana? Continue a leitura para entender melhor.

 

Como garantir uma dieta vegana rica em proteína?

 

Falando em dieta vegana, a maioria das pessoas pensa em vegetais, cereais e frutas. Nenhuma grande fonte de proteína vem à mente, mas essa ideia está muito errada. Existem fontes de proteínas veganas que são tão eficientes quanto as carnes que outras pessoas consomem.

 

Um estudo americano indicou que é possível obter a quantidade ideal de proteínas para uma dieta balanceada mesmo sem ingerir carnes. Nele, 82% dos indivíduos entrevistados conseguiu a quantidade certa de proteína mesmo sem consumir carne.

 

Existem até fisiculturistas e atletas que adotam a dieta vegana, mostrando que é possível conseguir ganho de massa magra sem consumir carne. A proteína animal pode ser a fonte mais conhecida desse nutriente, mas não é a única.

 

Combinando uma dieta adequada e a prática diária de atividades físicas, qualquer um pode chegar ao corpo dos sonhos!

 

Opções de proteína vegana para complementar a alimentação

 

Ingerir a quantidade correta de   garante que o corpo tenha aminoácidos suficientes para a reconstrução do músculo após a atividade física. Existem diversos alimentos que não são de origem animal e são ótimas fontes de proteína, como:

 

 

Os alimentos derivados desses vegetais também são ótimos para quem deseja aumentar o consumo de proteínas. A pasta de amendoim é um exemplo que ajuda a complementar a dieta e até traz um sabor diferente para a comida.

 

O que comer antes e depois do treino?

 

Agora que você conhece alguns alimentos que são fontes de proteína vegana, consegue decidir sua alimentação para o treino. Antes de começar a atividade física, escolha alimentos ricos em carboidratos e fibras. Dê preferência aos integrais, como arroz e torradas integrais, já que eles são mais ricos em nutrientes.

 

Depois de treinar, consuma uma boa quantidade de proteínas combinadas com carboidratos complexos e leguminosos. Assim, você garante a recuperação adequada das musculaturas.

 

Vale a pena lembrar que a quantidade certa de proteínas varia de acordo com a atividade física. Por isso, alguns fisiculturistas e atletas precisam consumir uma quantidade que, dificilmente, será totalmente suprida na dieta. Para complementar, é possível utilizar suplementos alimentares veganos, como o Vegan Protein.

 

Gostou do artigo? Então não se esqueça de deixar deixar seu e-mail para receber conteúdos e ofertas exclusivas!

Gostou do post? Compartilhe

Leia também

Carregando Ambiente Seguro