Menu Blog

Você já notou que, às vezes, mesmo seguindo uma dieta a risca, o corpo sofre poucas mudanças e a perda de peso parece muito difícil? Isso ocorre por uma série de fatores, entre eles, a falta de um plano alimentar mais longo ou o baixo consumo de proteínas.

 

Antes de iniciar uma dieta, seja ela qual for, é indicado consultar um nutricionista. Isso porque para ter um corpo saudável, não basta apenas perder peso. É preciso uma base alimentar capaz de suprir todas as necessidades do corpo.

 

Mesmo seguindo a dieta, rigorosamente, alguns hábitos podem atrapalhar seus objetivos. Por isso, é importante prestar atenção aos sinais do corpo durante a dieta.

 

Problemas, como dores de cabeça e sensação de mal estar podem surgir em função de carências nutritivas causadas pelo corte de alimentos que devem ser ingeridos com frequência.

 

A reeducação alimentar busca sempre fornecer os nutrientes necessários para o corpo, de forma mais saudável, sendo capaz de auxiliar na perda de peso e na redução do efeito sanfona.

 

Veja, a seguir, 5 fatores que podem atrapalhar a perda de peso!

 

Seguir dietas restritivas

Dietas restritivas, normalmente, proíbem alguns alimentos. Mesmo que, a curto prazo, esse tipo de hábito resulte na perda de peso, é possível que o corpo sinta falta dos alimentos cortados, forçando diversas compulsões alimentares ao longo da dieta. O ideal é seguir uma dieta balanceada, consumindo os nutrientes necessários para o corpo.

 

Não consumir quantidade suficiente de proteínas

Ao iniciar uma dieta, é muito comum reduzirmos o consumo de alguns nutrientes. Às vezes, essa diminuição pode prejudicar o próprio objetivo, principalmente se o nutriente em déficit for a proteína.

 

Ela é a principal responsável pela formação muscular, além de provocar uma maior sensação de saciedade. Por isso, é importante buscar suas fontes de proteína e manter seu consumo em alta, ainda mais quando se complementa a dieta com exercícios físicos.

 

Comer pouco durante o dia

Esse é um dos grandes erros de quem começa uma dieta. Comer pouco durante o dia não colabora para a perda de peso, pois, para compensar a fome, seu corpo exigirá refeições maiores à noite. Além disso, passar longos períodos sem comer faz o corpo estocar mais energia nas próximas refeições. Isso ocorre porque o organismo entende que ficará longos períodos sem alimento novamente. O ideal é comer porções de acordo com as suas necessidades. Por isso, o acompanhamento nutricional é tão importante.

 

Substituições inadequadas

Ao iniciar uma dieta, é muito comum substituirmos produtos industrializados por versões diet e light. Esses alimentos, normalmente, substituem açúcares e gorduras por sódio, por exemplo, o que também não é nada saudável. O mais correto é trocar produtos industrializados por versões integrais e naturais.

 

Tratamento com remédios

Medicamentos que prometem o emagrecimento de forma rápida, muitas vezes, não passam de agentes diuréticos. Dessa forma, a perda de peso é apenas desidratação e, ao interromper o uso, os quilos voltam para o seu lugar de origem.

 

A diferença das dietas restritivas e da dieta low carb

Mesmo a dieta low carb se tratando de uma dieta com menor ingestão de carboidratos, ela não corta esse nutriente completamente do cardápio. O carboidrato é parte fundamental da construção muscular e saúde do corpo.

 

Quem adere a esse tipo de dieta deve controlar a porcentagem de carboidratos ingeridos, em relação aos outros elementos do prato, como a proteína e as gorduras.

 

A dieta low carb é capaz de trazer diversos benefícios ao corpo, além do emagrecimento rápido, podendo fazer parte também da reeducação alimentar.

 

Gostou dessas dicas para acertar no seu objetivo de perda de peso? Assine nossa newsletter para receber mais conteúdos como esse e compartilhe esse post nas suas redes!

 

Aproveite também para conhecer o HIIT Whey, proteína que ajuda a perder gordura e a ganhar massa magra.

Gostou do post? Compartilhe

Leia também

Carregando Ambiente Seguro